Descrição do Desfile

Descrição do Desfile

1. Samba Tropical

A Samba Tropical – vencedora do desfile de 2018 – é a escola de samba da cidade de Seinäjoki. A Tropical foi fundada em 2003, e os símbolos da escola são a caixa e o cinturão*.

Este ano, o desfile da Tropical contará com 77 integrantes, para celebrar a floresta tropical, que dá origem ao nome da escola.

Assim como as florestas tropicais, a Tropical é caracterizada pela versatilidade, originalidade e desenvolvimento contínuos. O ritmo do samba exuberante tem origem em um país tropical: o Brasil úmido e quente.

No entanto, as belas e ainda parcialmente inexploradas florestas tropicais estão sendo destruídas pela atividade humana. Desse modo, a escola de samba quer, com o desfile, chamar atenção para o valor das florestas tropicais, as ameaças que sofrem e o seu futuro. O futuro das florestas tropicais, e do mundo como um todo, está em nossas mãos, e temos a possibilidade de influenciar com nossas escolhas. Os integrantes da Tropical estão fazendo sua parte para salvar as florestas tropicais, espalhando consciência pelas ruas de Helsinque e, quando possível, usando materiais reciclados no desfile.

*peça típica da indumentária finlandesa

Mais informações: www.sambatropical.fi / Instagram: @sambatropical

****Samba-enredo: Viva a floresta tropical

Flores tropicais, belos pássaros e animais
O canto dos macacos ecoa
A floresta tropical tão diversa
É cheia da magia da natureza
Ela é mais bonita que qualquer outra coisa
Lá crescem grandes árvores
De lá os sons da floresta tropical viajam
Ela cura e põe na boca um sorriso

A floresta tropical tão maravilhosa
Está em perigo por causa do ser humano
Placas, bandeiras, mãos ao ar, não há tempo para esperar
Ou como a ararinha-azul tudo que é lindo desaparecerá
A floresta tropical tão maravilhosa
Está em perigo por causa do ser humano
Placas, bandeiras, mãos ao ar, não há tempo para esperar
Ou no espaço teremos que morar

As serras soam, e a floresta cai
A cobiça polui tudo
O ar começa a sufocar
Se se perfuram os pulmões da Terra
Nós também podemos consertar
Então se lembre de honrar a Reciclagem
As chaminés das fábricas cospem fumaça preta
Os senhores jogam com seus monopólios
Os tambores do tropical ecoam
Deixem a Natureza em paz

Viva agora a Tropical
Os tambores da floresta tropical nos enfeitiçam
Venham todos sambar
No ritmo da bateria dançamos até o sol raiar
Viva agora a Tropical
Os tambores da floresta tropical nos enfeitiçam
Venham todos sambar
Dançando vamos o mundo salvar

 


2. Samba el Gambo

A Samba el Gambo ficou em terceiro lugar no desfile de 2018. A escola é da cidade de Kokkola e foi fundada em 1998, tendo como símbolo o surdo flamejante. As cores da escola são vermelho, dourado e preto.

A escola de samba mais setentrional do mundo participará do desfile deste ano com 70 integrantes trazendo o enredo “Samba e circo – a diversão através dos tempos”.

O desfile de 2019 faz uma viagem com o circo através dos tempos. A Gambo apresenta em seu desfile o significado da diversão desde a antiguidade até os tempos modernos: por que os circos foram organizados originalmente, por quem, e como se manifesta a diversão hoje em dia?

Na antiguidade, os imperadores mantinham os cidadãos satisfeitos organizando para os milhões de romanos os mais diversos espetáculos de entretenimento. Foi na antiguidade romana que teve origem a expressão do poeta satírico Juvenal, panem et circenses, “pão e circo”.

Nos anos 1800, os circos itinerantes ofereciam às pessoas um lugar de encantamento com espetáculos grandiosos e artistas cada vez mais inusitados. Os circos evoluíram de negócios familiares para uma indústria de entretenimento exuberante e exótica. Os espetáculos passaram e incluir animais, palhaços, acrobatas e levantadores de peso.

Nos dias atuais, a Samba el Gambo chama a atenção para o circo da mídia. Hoje, a informação, a propaganda e a diversão estão ao alcance de todos, bastando apertar um botão. Além disso, qualquer pessoa pode produzir conteúdo nas mídias sociais. Mesmo assim, a indústria do entretenimento segue sendo um grande negócio, onde dinheiro, poder e redes de influência se misturam.

A diversão sempre esteve presente no dia-a-dia das pessoas e é consumida em massa através dos tempos. Faça então uma divertida viagem no tempo com a Samba el Gambo!

Mais informações: www.samba-el-gambo.com / Instagram: @sambaelgambo

****Samba-enredo: Samba e circo – a diversão através dos tempos

O pano sobe, o espetáculo começa
Os artistas dão o seu melhor
Três saltos mortais, e a diversão flui
Os efeitos de luz e sombra
A diversão tem várias formas
Poder, emoção e alegria
Desaparecem as preocupações do dia-a-dia
Quando estamos no circo
É permitido desfrutar
Samba e circo

A diversão através da história
O tempo faz tudo se transformar
Na velocidade da evolução, eu só penso
Se o ser humano algum dia vai mudar

Qual é mesmo o preço
Da diversão do povo
Por fama e sucesso
Se destrói a humanidade
O dinheiro, o poder e o lucro
A ameaça, o medo e o suborno
A ambição
Ocultam a miséria
Você é livre por trás da máscara?
Você pode ter tudo?
Que escolha temos
Quando há diversão ilimitada

Circo inebriante
O povo grita e torce
O apogeu da Gambo
Desde Roma até a Espa* e Kokkola

*Forma abreviada de “Esplanadi”, parque no centro de Helsinque onde termina o desfile das escolas de samba.


3. Império do Papagaio, Helsinque


4. União da Roseira

A União da Roseira é a escola de samba da cidade de Tampere e foi fundada em 1987. O símbolo da escola é a rosa, e suas cores são rosa, branco e prata.

O orgulho da “Manchester finlandesa”* desfilará com 120 integrantes, trazendo o enredo “O fenômeno do plástico – bom e mau”.

Vemos por meio da mídia imagens de rios transbordando com resíduos plásticos, de enormes ilhas de lixo plástico flutuando nos oceanos e de praias em ilhas paradisíacas cheias de embalagens e garrafas plásticas. E isso não é tudo: também precisamos nos preocupar com as partículas de plástico nos alimentos e até mesmo no ar que respiramos. O pânico em torno do plástico mau fervilha.

No entanto, o plástico é, de muitas maneiras, necessário para nós. Quando pensamos no nosso dia-a-dia, constatamos que ele está repleto de produtos em cuja produção o plástico foi usado: os óculos, a escova de dentes, a cafeteira, a bicicleta ou o carro, o celular, o computador, os sapatos e até as roupas. E quando, na hora do show, vestimos a fantasia ou pegamos o tambor em nossas mãos, percebemos que eles também contêm uma quantidade enorme de plástico.

No carnaval deste ano a Roseira quer despertar a reflexão sobre o lado negativo do plástico, mas também mostrar os benefícios que o plástico nos traz e apresentar soluções para a superação de seus danos. O problema não é o plástico em si, mas seu uso irresponsável e o ciclo de vida mal planejado.

O fenômeno do plástico pode ser observado de diferentes pontos de vista, e é possível melhorar o mundo com base na informação. Prestando atenção no nosso consumo e nas nossas escolhas do dia-a-dia, já podemos fazer uma grande diferença para nosso ambiente e nossa saúde. Todos têm responsabilidade na conformação deste nosso mundo plástico. Nós, como consumidores, também temos poder. Então, mantendo os olhos abertos na hora das compras, enchendo a garrafa com água da torneira, vestindo um suéter em vez da algo sintético e construindo poços de águas pluviais, já estamos no caminho certo. E, acima de tudo, vamos separar o lixo!

*Epíteto usado para a cidade de Tampere, por ter sido o centro da indústria têxtil da Finlândia no século XIX.

Mais informações: www.roseira.net / Instagram: @uniaodaroseira

****Samba-enredo: Plástico bom, plástico mau

Pare – e olhe em volta
são de plástico os celulares e até a prótese
ele beneficia, facilita a nossa vida – salva
Bugiganga – todo esse lixo
a quantidade de plástico não se pode entender
A facilidade atrai, nos leva a uma armadilha – destrói
O amanhã plástico – um emaranhado
Poderíamos diminuir – pelo menos reciclar, evitar?
A seu lugar matéria renovável da natureza

A usina quente do ritmo
gera calor, cintila
Caia na folia, mostre a sua ginga
Escute a nossa bateria!

A humanidade tem cobiça,
todos têm um forte desejo
De comprar e consumir,
Muito e barato
Fazer compras é um passatempo bom,
no carrinho, um volume de plástico,
procurando a melhor oferta
O vento balança a ilha de lixo
um pesadelo no mar
o plástico se propaga na natureza,
a Terra adoece
Não se pode descartar essa lindeza!
Nós prometemos limpar este planeta!

A Roseira conquista, a rosa prata do samba
A música intoxica, inspira a dança
Faz o bem circular
A Roseira conquista, a rosa prata do samba
A música intoxica, inspira a dança
Venha com a gente sambar!


5. Samba Carioca, Turku